O homem de família: do nascimento dos filhos à universidade

homem-de-familia

homem-de-familia

A figura paterna é importantíssima no crescimento e desenvolvimento dos filhos. Isso em todas as fases da vida. Todas as fases, mesmo, desde o nascimento, passando pela infância, adolescência e fase adulta, até chegar na universidade.

Nós temos uma preocupação muito clara com nossos clientes sobre isso, já que a empresa nasceu a partir de uma família, atendendo outras em todos os cantos do Brasil. Queremos que você esteja bem com sua paternidade, sempre presente em cada momento que seu filho precisar de você.

A seguir, separamos algumas particularidades sobre as principais fases da vida e como você pode estar presente, ajudando-o a passar por elas. Continue lendo este texto para saber cada detalhes sobre isso.

No nascimento

A primeira infância (até os 2 anos) é a fase mais frágil da vida, exigindo carinho e atenção 24h por dia.

Não deixe tudo com a mãe, até porque vocês possuem direitos e deveres iguais perante a família. Auxilie na troca de fraldas, nos banhos, nas tarefas diárias e esteja sempre presente na hora daquela crise de cólicas ou quando sua parceira precisar de um tempo só para ela. Claro que você precisará de um tempo só para você também e é por isso que vocês dividirão as responsabilidades.

Esteja sempre presente de corpo e mente. Deixe os problemas da porta para fora e curta seu bebê a cada segundo.

Na infância

Seu filho descobrirá o mundo nesta fase, tendo você como inspiração e base para cada atitude. Esteja lá quando ele pedir sua ajuda ou opinião. Esteja pronto para resolver qualquer dúvida que ele tiver sobre o mundo. Esteja no primeiro dia da escola e quando ele voltar para casa.

As birras vão acontecer, independente de como ele tiver sido criado até aqui. Nunca aja com violência para contornar esse problema, deixe claro que certas atitudes não são corretas e que o castigo que porventura vier, é o modo que você encontrou de demonstrar que nenhum ato errado ficará sem punição.

Na adolescência

Essa é a fase mais crítica do desenvolvimento.

Você já não é a maior fonte de inspiração, já que agora ele tem os amigos para suprir essa necessidade. E é aqui que você entra.

Fique de olho nas influências que seu filho anda tendo e se porte como uma alternativa de moral perante as coisas erradas que essas influências têm feito. Durante a infância você já apresentou o bem e o mal à criança, chegou a hora dele identificar essas presenças em seu dia a dia.

Esteja disposto a conversar sobre a sexualidade, deixe claro que a responsabilidade agora está com ele ou ela e tudo que será feito terá uma consequência boa ou ruim.

As crises entre vocês se intensificarão, resta identificar a hora de dar aquela dura, ou deixar que ele “quebre a cara” sozinho para aprender sobre as consequências da vida.

Mostre que o mundo pode ser cheio de possibilidades, mas que não é, nem nunca será um mar de rosas.

Na fase adulta/universidade

Agora seu filho caminhará com as próprias pernas. Você pode até estar bancando a universidade para ele, mas sempre mostre que o esforço deve ser recompensado.

Você agora, além de inspiração, é uma boa lembrança da formação do caráter, mas tudo vai depender das fases anteriores.